feat0

Resenha: 50 Tons de Cinza

Quem não gosta de romance? Acredito que este seja um dos gêneros mais lidos, talvez mais pelo sexo feminino... mas, pra falar a verdade, acho — só acho —, que a maioria dos leitores que curtem romance, não gostaram de 50 Tons de Cinza, por ser uma obra muito fraca!

Leia Mais
feat2

Resenha: O ladrao de Raios

The Lightning Thief (O Ladrão de Raios) é o tipo de livro que já começa tirando uma onda pra chamar a atenção do leitor. Tem um ritmo impecável do começo ao fim; você pisca os olhos e já está no final. Que bruxaria é essa, Riordan?

Leia Mais
feat3

Resenha do livro "Um Dia"

Um Dia é um belo romance, não tão açucarado. Nele encontramos o amor (ah, o amor), que surge despercebido entre Emma e Dexter, e que amadurece junto a eles, ás vezes parecendo ter sumido com o passar dos anos, mas sempre estando lá, fincado nos corações dos dois. "O amor nunca morre"!

Leia Mais
feat4

Review do filme "MAMA"

Quando o pai de Victoria e Lilly mata a mãe das garotas, as crianças fogem assustadas para uma floresta. Durante cinco anos, ninguém tem notícia do paradeiro delas, até o dia em que elas reaparecerem, sem explicação de como sobreviveram sozinhas.

Leia Mais
feat5

Top 7 criaturas sobrenaturais

Uma enquete com a pergunta "qual você prefere?" em relação às criaturas "zumbis, sereias, vampiros, bruxos, fantasmas, anjos, e lobisomens", ficou aberta para votação no blog. Agora, de acordo com o resultado, analisem um Top 7 criaturas sobrenaturais, normalmente encontradas nos livros YAs.

Leia Mais

Resenha do livro "A Hospedeira"

A Hospedeira                        Clique aqui para ler a sinopse.


Uma Alma (Alienígena) e um Hospede, mas não qualquer hospede — trata-se de Melanie Stryder —, e muito menos qualquer Alma — trata-se de Peregrina. Ambas muito poderosas, em suas espécies.

Melanie é humana, e assim como quase todos os outros do planeta terra, teve o seu corpo tomado por outro ser vivo de outra espécie, que veio de um planeta invasor. Porém, ao contrario do que mostram outras estórias sobre o assunto, esses invasores não são do "mal", na verdade eles são muito mais amáveis do que os seres humanos... o único problema é que vivem passando de um planeta para o outro, e como não possuem corpo próprio...

The Host (título original) tem um começo maçante, mas é de se perceber a evolução a cada capítulo, e quando chegamos  — mais ou menos — a página de número 150, temos uma narração completamente instável, compreensível e envolvente. Não é que tenha sido mal escrito, é que o começo não desperta tanto interesse para impulsionar o leitor a prosseguir.
Stephenie Meyer começa esse romance de ficção cientifica, com a inserção da alma Peregrina, no corpo de Melanie. Porém, algo de ruim acorre, Melanie é uma humana muito poderosa e em nenhum momento, pensou em deixar de lado o seu corpo; deixar de existir, para dar espaço à "coisa" que estava sendo inserida dentro dela.
— Quanto é... direta a conexão?

— Ela ouve o que ouço, ela vê o que eu vejo.

— Ela sente o que você sente?

— Sente. 
       (Peregrina e Jared. Pag. 335)

A partir do capítulo de número um, Peg (que é o apelido que Peregrina acaba ganhando futuramente) passa a narrar, pois o prólogo foi escrito em terceira pessoa — que por sua vez, não ficou muito bom.
Conforme Peg está desesperada por não conseguir dominar completamente o corpo de Mel (apelido de Melanie), ela acaba conseguindo acessar algumas lembranças desta. E com essas lembranças, Peg conhece Jared e Jamie, os amores da vida de Mel — sendo que Jamie é o seu irmão mais novo.

http://www.mixtotal.net/wp-content/uploads/2012/04/a-hospedeira-top.jpg
Fonte da imagem


É quando Peregrina resolve ir atrás de Jared e acaba se apaixonando por ele. E essa paixão é uma coisa que não agrada nem um pouco Melanie, que a essa altura já se tornou amiga de Peg — após os inúmeros diágolos particulares que teve com ela, afinal, as duas dividem o mesmo corpo, embora Peregrina tenha o maior domínio.

Mas além do Jared, também há outro personagem masculino (cem por cento humano) que acaba sofrendo um amor platônico por Peregrina. Isso acaba criando um quadrado amoroso, mas talvez a sinopse insista em dizer que é um triangulo (por conta da modinha) justamente por ser um amor platônico sofrido pelo Ian.

Tem coisas que são bem interessante: Meyer criou os Confortadores, Buscadores e Curandeiros. Confortador foi, praticamente, outra palavra dada para "psicólogo". Um Buscador procura por outros corpos para serem utilizados, na maioria das vezes com informações das almas, que tem acesso as memórias de seus hospedeiros; poderíamos chamar um Buscador muito bem de Caçador. Já os Curandeiros curam quase tudo em um hospedeiro que esteja com "defeito", acho que poderíamos chamá-lo de "médico". Um médico muito bom, aliás qualquer um poderia ser médico com os remedios milagrosos deles...

Lutar ou Fugir.

Em desespero, tentei soltar Melanie, deixá-la sair. Eu não pude encontrar a porta — as mãos ainda eram minhas, agarrando inutilmente objetos que eu jamais poderia transformar em armas.
     (Peregrina. Pag. 298)

Meyer também criou um esconderijo fantástico, onde Jared, Jamie e vários outros humanos — entre eles, alguns familiares de Mel — se escondem, mas isso não será dito, para evitar tanto Spoiler.

Ao decorrer do livro, existem perguntas que não deixam de vir à cabeça: Jared vai ficar com Peregrina ou Melanie? Como isso irá funcionar? Peregrina passará para outro corpo e deixará Melanie livre? Quais problemas estão por vir? As almas buscadoras de Peregrina encontrará o esconderijo deles?

Peregrina. Jared. Melanie. Jamie. Ian. Jeb... Personagens cativantes. Impossível não se impressionar com A Hospedeira. Um ótimo trabalho da Stephenie Meyer (autora da saga Crepúsculo). 

Você não escolhe, ao terminar de ler A Hospedeira, a alternativa é admitir que trata-se de um ótimo livro!


Você pode comprar na Saraiva ou Livraria Cultura.


Currently have 10 comentários:

  1. Estou pesando em ler o livro, mas só por causa que vai sair o filme rsrsrs

  2. Olá *-*
    Eu li esse livro e confesso que ele é muito bem estruturado.
    Eu amo livros onde os protagonistas mostram que estão amadurecendo e tal.
    Amei a sua resenha *-*
    Estou ansiosíssima para ver o filme ;)
    Obrigada por visitar meu blog
    Adorei aqui,como o próprio nome, Isso é interessante! rs
    Seguindo \o/
    Beijos*
    http://brunnavieeira.blogspot.com.br

  3. Amo esse livro, mas eu sofri para ler as primeiras 150 páginas! rs
    Mas valeu a pena, foi ótimo, chorei no final e aqui estou eu, mais do que ansiosa para o filme (apesar de não gostar nada nada no trailer e da atriz que fará a Mel)!
    Parabéns pela resenha! *---*

    Estamos com resenha nova lá no blog, dá uma passadinha lá
    http://buttercupdegalocha.blogspot.com.br/2012/07/reuniao-mediadora-3-meg-cabot.html

    Um beijo

  4. Eu estou criando expectativas para o filme, tomara que fique bom...

  5. Fique feliz que tenha gostado do blog e da resenha, Bruna... *-*

  6. É. realmente as primeiras páginas não são muito boas, mas no final percebemos o quão fantástico é o livro.

  7. Já li esse livro não gostei muito mais vou fazer resenha dele no meu blog.

  8. Eu tbm achei o começo super maçante, minha irmã que não tem o mesmo amor por livros que nem eu, nem terminou de ler, apesar de eu ter dito que fica melhor mais para frente. O final foi o que mais me surpreendeu, enquanto estava lendo nem conseguia imaginar com ela resolveria todos os seus problemas ^^

  9. Oi queri,
    Estou com esse livro ha algum tempo aqui em casa emprestado e meio empurrado porque eu particularmente não curto historias que envolvem outros planetas e tal...enfim ainda nao sei se vou ler so sei que ele ta no fim da fila...eheh
    Bjksss
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com.br

  10. Parabéns pela Resenha, ficou ótima!

    Eu li quando lançaram o Livro, estava "enjoado" de tanto que falavam de Crepúsculo! Então, assim que saiu um livro de Meyer sem ser de vampiros melosos, eu comprei!

    Bom, achei super interessante o tema, e é uma ficção-científica-romântica muito bem feita! Gostei pra caramba!

    (Apesar de eu precisar ler três vezes o começo para me situar, rsrs!)

    Abraço!
    horadelerlivros.blogspot.com.br


Deixe um comentário

Comentários ofensivos são deletados. Caso você não possua um site/blog e queira comentar, use o campo "Nome/URL" e coloque seu nome no campo correspondente, deixando o campo de URL em branco. Ou, se preferir, comente como Anônimo.