feat0

Resenha: 50 Tons de Cinza

Quem não gosta de romance? Acredito que este seja um dos gêneros mais lidos, talvez mais pelo sexo feminino... mas, pra falar a verdade, acho — só acho —, que a maioria dos leitores que curtem romance, não gostaram de 50 Tons de Cinza, por ser uma obra muito fraca!

Leia Mais
feat2

Resenha: O ladrao de Raios

The Lightning Thief (O Ladrão de Raios) é o tipo de livro que já começa tirando uma onda pra chamar a atenção do leitor. Tem um ritmo impecável do começo ao fim; você pisca os olhos e já está no final. Que bruxaria é essa, Riordan?

Leia Mais
feat3

Resenha do livro "Um Dia"

Um Dia é um belo romance, não tão açucarado. Nele encontramos o amor (ah, o amor), que surge despercebido entre Emma e Dexter, e que amadurece junto a eles, ás vezes parecendo ter sumido com o passar dos anos, mas sempre estando lá, fincado nos corações dos dois. "O amor nunca morre"!

Leia Mais
feat4

Review do filme "MAMA"

Quando o pai de Victoria e Lilly mata a mãe das garotas, as crianças fogem assustadas para uma floresta. Durante cinco anos, ninguém tem notícia do paradeiro delas, até o dia em que elas reaparecerem, sem explicação de como sobreviveram sozinhas.

Leia Mais
feat5

Top 7 criaturas sobrenaturais

Uma enquete com a pergunta "qual você prefere?" em relação às criaturas "zumbis, sereias, vampiros, bruxos, fantasmas, anjos, e lobisomens", ficou aberta para votação no blog. Agora, de acordo com o resultado, analisem um Top 7 criaturas sobrenaturais, normalmente encontradas nos livros YAs.

Leia Mais

Resenha; Babel Hotel

Babel Hotel



                 
                           Clique aqui para ler a sinopse.


Babel Hotel não é aquela coisa extraordinária, mas é bem legal de se ler. Um livro bem escrito e revisado, e com cada capítulo narrado por um personagem diferente, tornando mais difícil o fato de que a gente possa cansar da narrativa. Os personagens principais, e que narram à história, são: Heitor, Paula, Estela, Ulisses, Flávio, Tigre, e Rhana. Cada um com uma personalidade diferente, tanto quanto a forma de pensar sobre a situação pela qual passam, e a situação é: Eles acabam de alguma forma presos no tempo, vivendo sempre a mesma sexta-feira 13.

No começo, nenhum dos personagens se conheciam, mas com o decorrer dos acontecimentos todos acabam se unindo para tentar encontrar alguma forma de sair da prisão do tempo em que estão.


Toda história tem um vilão, e com Babel Hotel, claro, não é diferente. Nessa história, a gente fica em dúvida se a pessoa, que todos desconfiam, é realmente o "vilão" que os aprisionou ali em uma sexta-feira 13. Eu, pessoalmente, fiquei com a pulga atrás da orelha com o percorrer de todo o livro, em relação ao vilão, e no final, me surpreendi.

Aliás, a pessoa que aparece na capa do livro, segurando uma maleta, é o suspeito vilão. Melhor dizendo: O incógnito.

Ah, antes que eu me esqueça; A história se passa em Cobrar Norato, uma cidade fictícia muito bem criada, pelo Luiz Bras, garanto que quem ler vai se fascina por ela.



Book trailer:











Carlos Rodrigo
Carlos Rodrigo Rodrigo ainda está no colégio, tem 15 anos, se vê no futuro como um jornalista e escritor — Seu livro de estreia, Memórias do Fantasma - Atormentado, será lançado pela Editora Selo Jovem. Livros são seus grandes companheiros, mas adora filmes e séries de TV também.

Currently have 0 comentários:


Deixe um comentário

Comentários ofensivos são deletados. Caso você não possua um site/blog e queira comentar, use o campo "Nome/URL" e coloque seu nome no campo correspondente, deixando o campo de URL em branco. Ou, se preferir, comente como Anônimo.