feat0

Resenha: 50 Tons de Cinza

Quem não gosta de romance? Acredito que este seja um dos gêneros mais lidos, talvez mais pelo sexo feminino... mas, pra falar a verdade, acho — só acho —, que a maioria dos leitores que curtem romance, não gostaram de 50 Tons de Cinza, por ser uma obra muito fraca!

Leia Mais
feat2

Resenha: O ladrao de Raios

The Lightning Thief (O Ladrão de Raios) é o tipo de livro que já começa tirando uma onda pra chamar a atenção do leitor. Tem um ritmo impecável do começo ao fim; você pisca os olhos e já está no final. Que bruxaria é essa, Riordan?

Leia Mais
feat3

Resenha do livro "Um Dia"

Um Dia é um belo romance, não tão açucarado. Nele encontramos o amor (ah, o amor), que surge despercebido entre Emma e Dexter, e que amadurece junto a eles, ás vezes parecendo ter sumido com o passar dos anos, mas sempre estando lá, fincado nos corações dos dois. "O amor nunca morre"!

Leia Mais
feat4

Review do filme "MAMA"

Quando o pai de Victoria e Lilly mata a mãe das garotas, as crianças fogem assustadas para uma floresta. Durante cinco anos, ninguém tem notícia do paradeiro delas, até o dia em que elas reaparecerem, sem explicação de como sobreviveram sozinhas.

Leia Mais
feat5

Top 7 criaturas sobrenaturais

Uma enquete com a pergunta "qual você prefere?" em relação às criaturas "zumbis, sereias, vampiros, bruxos, fantasmas, anjos, e lobisomens", ficou aberta para votação no blog. Agora, de acordo com o resultado, analisem um Top 7 criaturas sobrenaturais, normalmente encontradas nos livros YAs.

Leia Mais

Será que você sabe mesmo escrever uma crítica?

 
Há mais de uma forma de se queimar um livro.


Você é um leitor e, evidentemente, gosta de dar suas opiniões sobre os livros que lê, seja em seu próprio blog, seja postando uma resenha no skoob, ou apenas fazendo um post no seu facebook. A questão é: quando uma resenha se torna chata?

Não vou ensinar como se faz uma resenha, direi apenas o que me irrita nelas...

Não importa se eu não gostei do livro, tenho que ser educado de qualquer forma! Algumas pessoas confundem uma crítica negativa, acabando por fazer uma crítica ofensiva, o que é totalmente diferente, e tão chato... 


Quando vejo a necessidade de elaborar uma resenha negativa, simplesmente falo o que não me agradou! Porém, claro, transmitindo também os pontos positivos, os quais nunca deixaram de existir em uma obra, mesmo que sejam mínimos (estes pontos não precisam ser exatamente positivos pra você, às vezes deve-se enxergar em diversos ângulos diferentes, pondo-se no lugar de outra pessoa que pensa diferente).

Uma resenha ofensiva é aquela que vai além de ter apenas um vocabulário chulo. Trata-se de um texto que agride um livro, assim como apedreja os fãs, e joga o autor de um penhasco para um rio infestado de crocodilos. Nenhuma pessoa justa, que pare para pensar no assunto, é a favor deste tipo de crítica, então, não há necessidade de fazê-la. Concorda comigo?

Até agora, não vi resenha alguma que maltratasse Memórias do Fantasma e fico feliz com isso, mas me entristece quando vejo tal coisa acontecendo com outro livro. Trágico!


Assim sendo, gosto de resenhas negativas, elas tem que existir, afinal nada agrada a todos e é bom ser orientado por determinada pessoa que sabemos que pensa mais ou menos como a gente, em relação a livros. Entretanto, resenhas malignas, ofensivas, não são boas hoje e nem serão amanhã, isso é certeza!

Grande abraço, e não esqueça de deixar sua opinião nos comentários.

Currently have 1 comentários:

  1. Perfeito texto. Blog lindo


Deixe um comentário

Comentários ofensivos são deletados. Caso você não possua um site/blog e queira comentar, use o campo "Nome/URL" e coloque seu nome no campo correspondente, deixando o campo de URL em branco. Ou, se preferir, comente como Anônimo.