feat0

Resenha: 50 Tons de Cinza

Quem não gosta de romance? Acredito que este seja um dos gêneros mais lidos, talvez mais pelo sexo feminino... mas, pra falar a verdade, acho — só acho —, que a maioria dos leitores que curtem romance, não gostaram de 50 Tons de Cinza, por ser uma obra muito fraca!

Leia Mais
feat2

Resenha: O ladrao de Raios

The Lightning Thief (O Ladrão de Raios) é o tipo de livro que já começa tirando uma onda pra chamar a atenção do leitor. Tem um ritmo impecável do começo ao fim; você pisca os olhos e já está no final. Que bruxaria é essa, Riordan?

Leia Mais
feat3

Resenha do livro "Um Dia"

Um Dia é um belo romance, não tão açucarado. Nele encontramos o amor (ah, o amor), que surge despercebido entre Emma e Dexter, e que amadurece junto a eles, ás vezes parecendo ter sumido com o passar dos anos, mas sempre estando lá, fincado nos corações dos dois. "O amor nunca morre"!

Leia Mais
feat4

Review do filme "MAMA"

Quando o pai de Victoria e Lilly mata a mãe das garotas, as crianças fogem assustadas para uma floresta. Durante cinco anos, ninguém tem notícia do paradeiro delas, até o dia em que elas reaparecerem, sem explicação de como sobreviveram sozinhas.

Leia Mais
feat5

Top 7 criaturas sobrenaturais

Uma enquete com a pergunta "qual você prefere?" em relação às criaturas "zumbis, sereias, vampiros, bruxos, fantasmas, anjos, e lobisomens", ficou aberta para votação no blog. Agora, de acordo com o resultado, analisem um Top 7 criaturas sobrenaturais, normalmente encontradas nos livros YAs.

Leia Mais

Resenha; Crescendo.



Crescendo
 


Eu nem deveria estar resenhando esse livro, na verdade eu nem deveria ter o lido. Ainda não li o primeiro volume e achei que seria melhor ler todos dessa série com uma sequencia em ordem, mas o fato é que tive a oportunidade de ler Crescendo, e quando comecei, Sussurro ficou para segundo plano (risos), porque não quis mais parar... Só que, como sempre, tem um pontinho fraco, vou começar com ele.
Patch prendeu um cacho atrás de minha orelha.
     — Quer voltar para a festa? — Murmurou.
     Sacudi a cabeça negativamente.
     — Vou levá-la para casa.
     Ele usou o queixo para apontar para o Jeep, pois as mãos ainda estavam ocupadas comigo.

Vocês notaram algo estranho nesse quote, ou foi somente eu mesmo? Nora diz que Patch colocou um cacho atrás de sua orelha, mas como isso seria possível se as mãos deles estavam ocupadas segurando-a?! A não ser que ele tivesse feito isso com o "queixo" da mesma forma que o usou para apontar para o carro, o que é pouco provável. Para mim, esse foi um grande erro de concordância, não sei se vocês, que leram também, perceberam, mas eu sim isso me incomodou... Apesar de que só existe esse de concordância, o que também não surpreende, já que trata-se de um grande sucesso — Com certeza, Crescendo foi feito com muito cuidado para não existirem erros.

— Todo mundo sabe que Patch é encrenca. Ele tem aquela aura de bad-boy que precisa ser salvo, mas o problema é o seguinte: a maioria dos bad-boys não quer ser salva. Eles gostam de ser maus. Adoram o poder de encher de medo e pânico os corações das mães em toda a parte.” (pág. 94)

Um livro triste, não no sentido de livro ruim. Quero dizer que me peguei sentindo pena da Nora várias vezes, principalmente do relacionamento dela com Patch, por mais que os dois estejam apaixonados, existe um "porém" (que não é novidade nenhuma em romances sobrenaturais teens) que os impede de ficar juntos e serem felizes para sempre... 
Vou falar dos personagens, e se tem uma que gostei foi a Vee, que trata-se da única (e melhor) amiga de Nora Grey. Não, Nora não é solitária, ela sé não é popular, descolada e chama de amigo qualquer pessoa, que vê em qualquer esquina. Mas retornando a Vee;  ela é a amiga gordinha, divertida, incentivadora, um pouquinho exagerada, e que tem três gotas de loucura misturadas ao sangue.
Outro personagem que não pode ser deixado de lado, é Patch: O Anjo que embaralha a cabeça de Nora. Ele é misterioso (o que não é novidade nos caras desse tipo de romance), têm olhos negros, sua beleza chama a atenção das garotas, e ele é um bad-boy. No livre, Patch fere o coração de Nora constantemente, além de ser um namorado protetor, algo que faz parte de ser um Anjo da guarda. Não gostei muito dele, acho que é porque não consegui entender direito quem ele era. Talvez isso mude quando eu leia Sussurro.
Tem mais dois personagens que também não podem deixar de ser mencionados, que são Scott (um amigo de infância de Nora, que volta a morar na mesma cidade que ela) e Marcie (uma inimiga, também de infância). Os dois são grandes responsáveis na maioria das partes agitadas que encontramos no livro.
Mas, saindo um pouco dos personagens e falando do livro em si; Ele é bem agitado, no final de cada capítulo ficamos insatisfeitos com o que lemos, procurando prosseguir no próximo e no próximo. As armas estão bastante presentes, o que talvez seja uma influencia nos livros que a autora (Becca Fitzpatrick) cresceu lendo...

Currently have 3 comentários:

  1. Acho que vc fica com um caderno em mãos pra anotar os erros... Hehehe... Assim vou acabar mandando meus livros pra vc revisar...

  2. Pra falar a verdade, eu não fico com um caderno, mas quando vejo um erro que me deixa pensando nele e, consequentemente, me desconcentrando na leitura, eu anoto em um papel pra falar dele na resenha hahá...

  3. Hehehe.. Estou usando um corretor online, está sendo bem útil: http://www.flip.pt/FLiP-On-line/Corrector-ortografico-e-sintactico.aspx.


Deixe um comentário

Comentários ofensivos são deletados. Caso você não possua um site/blog e queira comentar, use o campo "Nome/URL" e coloque seu nome no campo correspondente, deixando o campo de URL em branco. Ou, se preferir, comente como Anônimo.